A magia da Normandia e Bretanha

Mayra Jordão 0 Comentários 21 de agosto de 2016

17

Por Vanessa Geraldeli.

Olá amigos do Saia Vip, hoje vou levá-los para um passeio pela Normandia e Bretanha, que são lindas regiões da França.

Saí de Paris sábado cedinho a caminho de Rouen, lá visitei a Cathedral de Rouen, famosa por ter sido pintada pelo artista Monet.

1

Conheci o relógio Gros-Horloge, que é um dos principais pontos turísticos de Rouen. É um grande e bonito relógio do século XIV (1389), o mais impressionante é que, além das horas, ele ainda é capaz de indicar as fases da lua e o dia da semana.

3

Perto dali, pude visitar a famosa igreja em homenagem a Joana D'arc e ao lado o local exato onde foi condenada e queimada pelas acusações de heresia e feitiçaria.

4

Após visitar Rouen, fui até Omaha, uma das praias onde ocorreu a invasão dos Aliados ao território da França controlado pelas forças alemãs, em 6 de junho de 1944, durante a Segunda Guerra Mundial. A praia está localizada na costa da Normandia, em território francês e de frente ao Canal da Mancha, e possui uma extensão de 8 km.

5

Em Omaha existe um Memorial Americano sobre o Dia D, lá pude ver roupas, objetos, armas, filmes e ainda um enorme cemitério de soldados.

6

Após Omaha, fomos a Mont Saint Michel, lugar maravilhoso que sempre sonhei conhecer.

8

O Monte Saint-Michel é um ilhote rochoso na foz do Rio Couesnon, no departamento da Mancha, na França, onde foi construído uma abadia (abadia do Monte Saint-Michel) e santuário em homenagem ao arcanjo São Miguel.

11

Ele foi construído pelos Cavalheiros Templários e todos os dias a maré sobe e o deixa completamente cercado de água. A arquitetura prodigiosa do monte Saint-Michel e sua baía constituem o ponto turístico mais frequentado da Normandia e um dos primeiros da França, com cerca de 3.200.000 visitantes por ano. Uma estátua de São Michel foi colocada no topo da igreja

18

Crê-se que a história da abadia do monte Saint-Michel começou em 708, quando Aubert, bispo de Avranches, mandou construir no monte Tombe um santuário em honra a São Miguel Arcanjo (Saint-Michel). No século X os monges beneditinos instalaram-se na abadia e uma pequena vila foi se formando aos seus pés. Durante a Guerra dos Cem Anos, entre França e Inglaterra, o Monte Saint-Michel foi uma fortaleza inexpugnável, resistindo a todas as tentativas inglesas de tomá-la e constituindo-se, assim, em símbolo da identidade nacional francesa. O Monte também foi utilizado como prisão, foi declarado monumento histórico em 1987, e desde 1979 está na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Após Mont Saint Michel fomos para a cidade portuária de Saint Malo, localizada na região da Bretanha e possui uma enorme muralha a sua volta. É uma cidade com uma praia linda, mas de água gelada, porém isso não assusta os turistas europeus que entram na água tranquilamente.

19

20

A cidade estava lotada, todo mundo andando tranquilamente e em total segurança, lá experimentei o famoso sorvete, que possui os mais diversos e diferentes sabores, eu amei o de canela. A comida típica também são os frutos do mar, simplesmente maravilhosos.

25

Espero que tenham gostado e até o próximo passeio!

Beijos a todos

Vanessa Geraldeli é formada em Direito pela PUC/ MG, mas abandonou o Direito para dedicar-se a outra paixão, a fotografia. Desde 2010 faz vários cursos de fotografia e em 2015, mudou-se para Paris, aonde exerce a profissão.

0 comentários

Deixe um comentário