Candidíase vulvovaginal: Prevenção com mudança de hábitos?

Elaine Quintiliano 2 Comentários 11 de novembro de 2015

Foto

Por Camila Peloso Ferreira.

A candidíase é uma infecção que acomete a mucosa genital da vulva e da vagina, geralmente causada por Candida albicans e que causa coceira intensa nas mulheres. É a consequência de alterações no meio ambiente desta região.

As mulheres com maior predisposição à candidíase são: gestantes, diabéticas, aquelas que fazem uso de métodos contraceptivos em quantidades elevadas, roupas justas e com pouca ventilação e que possuem hábitos de higiene inadequados.

A forma de prevenção e tratamento inclui medidas farmacológicas (que devem ser indicadas apenas com auxílio do seu médico) e mudanças dos hábitos de vida, como as listadas abaixo:

  • Usar sabonete com pH neutro e apropriado para a região íntima
  • Evitar roupas apertadas e com pouca ventilação
  • Procurar seu médico para ajustar a dosagem do contraceptivo ou mesmo trocá-lo
  • Preferir o uso de papel higiênico branco e sem perfume ou substituí-lo por toalhas de pano
  • Usar calcinhas de algodão
  • Erradicar o uso de perfumes, talco e desodorantes para região íntima
  • Não usar absorventes internos
  • Tomar bebidas lácteas ricas em lactobacilos
Camila Peloso Ferreira tem 20 anos. Cursa o 3º ano da Faculdade de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos.  Adora música e seu hobbie favorito é dançar. Ama viajar.

2 comentários

Maria

16/11/2015
Responder

Artigo e orientaçoes muito pertinentes, parabéns e obrigada!!!

Camila Peloso

17/11/2015   Responder

Obrigada, Maria! Bjos ;)

Deixe um comentário