Expectativas…

Mayra Jordão 1 Comentários 13 de setembro de 2017

IMG-20170903-WA0018Por Fabíola Carvalho.

Quando estamos no ventre de nossa mãe já somos cercados por expectativas. As discussões já começam, será “menino” ou “menina” e quando é descoberto alguém sofre sua primeira frustração causada por nós.

É assim a vida, a IDA vai se seguindo, pois só temos essa opção IR...

Vamos criando expectativas e o grande problema é ficarmos presos nelas, com medo de sermos nós mesmos.

A vida não é uma reta perfeita, ela vai fazendo curvas, nossos planos nem sempre se concretizam, e assim nos decepcionamos e decepcionamos os outros.

Qual o maior sofrimento: a decepção que causamos em nós ou a que causamos no outro?

Não sei dizer, só sei que dói...

Mas sei que aprendemos muito com a dor, mas sobre tudo com o amor que recebemos quando algo não sai como planejamos.

Não tenhamos medo, podemos até decepcionar ou sermos decepcionados, mas a verdade é que esse momento nos faz mais forte, nos aproxima das pessoas que realmente amamos e nos amam.

É preciso ter sempre em mente que não nascemos para agradar ninguém, mas para sermos felizes e em todos os momentos precisamos ser gratos, pois eles nos fortalecem.

Acreditemos: o sol volta a brilhar ainda mais maravilhoso!!!

Fabíola é Psicóloga pela Unincor  e pós-graduada em Gestão de Pessoas pela Unicesumar. Analista de RH do SENAI e Coach e Analista Comportamental pelo IFC.

1 comentários

Raquel

15/09/2017
Responder

Muito bonito o texto parabéns! Realmente antes de nascer a expectativa é grande e até a criança nascer muita ansiedade enfrentada pelos familiares.

Deixe um comentário