Festas de final de ano! Pensamentos sabotadores das dietas

Mayra Jordão 0 Comentários 18 de dezembro de 2015

Foto

Por Amanda Ribeiro.

As festas de final de ano estão se aproximando, reuniões e encontros com a família ou com os amigos do trabalho já estão sendo planejados, presentes e cardápios também se encontram na fase de planejamento. E quando o assunto é cardápio para festas de final de ano, muitas pessoas tendem a se deixar levar pelos pensamentos sabotadores, quase que universais “Chegaram as festas de final de ano, vou engordar” ou “Não vou resistir às delícias da ceia de Natal” ou “Não posso passar o Natal sem comer aquela torta de brigadeiro da minha avó” e ainda os mais corajosos “Em dezembro não faço dietas, aliás, dieta só depois do carnaval”.

O que não se pode ignorar é o fato de que, geralmente, essas pessoas que têm esses pensamentos ativados, se esforçaram o ano todo em dietas e exercícios físicos. Mas, também aparecem naquelas pessoas que não fizeram nada para perder uns “quilinhos”, mas sabem que estão no limite do peso.

Pessoas que se deixam levar pelos pensamentos sabotadores, acreditam que todos pensam assim, quando o assunto é festa de final de ano. O que elas não sabem é que existem indivíduos que pensam de maneira magra, e conseguem focar mais em outros aspectos das festas e encontros de finais de ano, do que nas deliciosas comidas servidas.

Para aqueles que diante de alguma situação, pensam e se comportam de maneira automática se rendendo aos seus desejos e vontades incontroláveis de comer e não possuem uma programação mental de pensamentos magros, a Psicologia através de técnicas cognitivo-comportamentais pode auxiliá-las a se controlarem diante de estímulos, questionando seus pensamentos e produzindo efeitos no comportamento.

Amanda Ribeiro é Psicóloga Clínica e Terapeuta Cognitivo-Comportamental.

0 comentários

Deixe um comentário