Há mais de 20 anos já se buscava o empoderamento feminino

Mayra Jordão 0 Comentários 30 de abril de 2017

20160726_175528

Por Ana Paula Santos.

Qual a relação das Spice Girls com o Empoderamento?

Hoje muito se fala sobre Empoderamento feminino, mas o que poucos sabem é que esse termo já existe a mais de 20 anos.  As mulheres  da minha geração vão se lembrar da época, onde fazíamos muita festa com as músicas animadíssimas e dançantes com refrão que estimulavam a amizade, e o poder feminino das eternas Spice Girls.

Sim, naquela época nem eu e você tínhamos a ideia do que era empoderamento e elas já estavam cantando e empoderando as mulheres nos 4 cantos do mundo com a música “Wannabe”. Com trechos como “ não desperdice meu tempo precioso” e “ se você me incomodar, te direi adeus”. Elas  já estavam querendo dizer que podemos e devemos ter o poder de escolha sobre a nossa vida.

Confesso que na época nem me dava conta da importância dessas duas grandes lições que elas deixaram:

  • Elas eram exemplo de como pessoas diferentes poderiam ser amigas - Sim, cada uma delas tinha o seu estilo, porém juntas se completavam. Valorizar o diferente é muito bom e proveitoso para todos.
  • Ensinaram a importância de ter identidade própria – e não entrelaçada ao outro. Cada integrante tinha a sua identidade o que fazia de cada uma única e especial. E juntas faziam a diferença.
  • Mostraram-nos também, que a aparência não era mais importante do que a personalidade.

Hoje, mais de 20 depois do sucesso da música “Wannabe” a música faz parte de uma Campanha pela igualdade de gênero (#WhatIReallyWant, das Metas Globais das Nações Unidas). O vídeo foi feito com dançarinas mostrando mulheres de diferentes lugares e com causas defendidas pela ONU.

Um forte abraço e até a próxima...

Ana Paula Santos é uma das idealizadoras e coordenadora do projeto Mulheres que realizam, embaixadora da Escola de Você, corredora de rua, apaixonada em trabalhar com pessoas, uma mulher cheia de energia e altamente motivada.

0 comentários

Deixe um comentário