O Poder da Amizade

Elaine Quintiliano 0 Comentários 24 de dezembro de 2015

IMG_66283630087681Por Élison Santos.

8h da manhã do dia 21 de dezembro de 1996. Chego ao aeroporto Dulles em Washington DC e passo pela alfândega, chegando à sala de desembarque onde ali me espera o amigo que me receberá em sua casa por mais de um semestre. A amizade que nascera alguns meses antes parecia tomar um novo significado a partir dessa longa visita. Enquanto me dedicava aos estudos em terras americanas, desfrutava da alegria de conhecer os costumes deste povo e da família que me acolhera. Os anos se passaram e, mesmo tendo retornado ao Brasil, a amizade que outrora se confundia com uma simples empatia foi se transformando em uma verdadeira amizade. É muito comum que as pessoas digam que não possuam muitos amigos de verdade, no fundo todos nós sabemos que a amizade é como um tesouro, uma pedra preciosa, que quanto mais o tempo passa, mais preciosa ela se torna.

Epicuro, já há 300 anos antes de Cristo, afirmava que a amizade é superior ao direito, pois este existe para que as pessoas não se agridam. Em uma sociedade é necessário haver leis para assegurar que as pessoas não sejam violentas umas com as outras, já a amizade significa que a lei não é necessária, pois há uma lei superior, uma lei espiritual, onde a solidariedade, a fraternidade e o respeito estão instaurados, não existe um contrato firmado em papéis e registrado em cartório, quem decide ser amigo o é porque encontra o sentido naquilo que os gregos davam o nome de philia, ou seja, o amor fraternal, aquele que se tem por um irmão ou alguém que represente esta fraternidade.

A amizade é muitas vezes confundida com o coleguismo ou a parceria, eu muitas vezes me confundi com estes termos. Ao longo dos anos percebi que muitas das pessoas que eram minhas amigas deixaram de ser quando eu mudei de emprego, de grupo ou até mesmo de cidade. Muitas pessoas são amigas por conveniência, são aquelas com as quais você partilha sua fé, sua profissão, o espaço em que você trabalha, o time do seu coração e outras coisas, elas são amigas, mas se um dia você deixar de participar deste mesmo grupo e elas não mais te procurarem você poderá dizer que elas são amigas por conveniência. Os verdadeiros amigos são amigos quando você torce pro mesmo time deles ou quando torce contra, quando você pensa como eles ou pensa ao contrário, quando você está perto ou está longe, quando você erra e pede perdão e quando você se esquece de ser amigo e eles continuam se importando com você.

A amizade, ou o amor philia, faz bem para a saúde. É muito comum encontrarmos pessoas que se sentem muito bem quando são amadas, quando as pessoas ao seu redor se importam com elas, mas em minha experiência percebo que quando uma pessoa consegue ser amiga, quando ela consegue se importar com os outros, ela parece se realizar ainda mais. Ser amado é maravilhoso, mas amar é algo ainda mais elevado. Quando olhamos para os adolescentes que querem muito fazer parte de um grupo, o que buscam não é tanto serem amados pelo grupo, mas que o grupo aceite o seu amor, aceite o seu jeito de ser e sua contribuição, seus dons, seu caráter, seus sonhos. Ao final das contas, o que importa não é o que podemos fazer pelos outros, mas aceitarmos as pessoas como elas são, aceitarmos seu amor e nos importarmos com suas necessidades mais básicas e também com seus anseios mais superiores.

O contrário do amor não é o ódio, é a apatia, é a profunda desconsideração do valor da outra pessoa. A amizade pode ser profunda e duradoura, mas pode ser caracterizada também pelo respeito às diversidades. Um dia eu era um brasileiro cheio de conhecidos que visitava os EUA para estudar, hoje sou um brasileiro cheio de conhecidos cujo melhor amigo é aquele que me acolheu em sua casa no norte de nosso continente. Se o mundo pode ser melhor do que é hoje, a solução certamente não está na lei, mas ao contrário, como dizia Epicuro, a solução está na promoção do amor, da amizade. Desde as relações entre os vizinhos mais próximos até as relações internacionais, o que mais importa é que sejamos amigos!

10h da manhã de 18 de outubro de 2013.Chego ao aeroporto de Guarulhos para deixar meu amigo americano e sua esposa após mais uma visita sua ao nosso país. Dezessete anos se passaram, muitas vezes eu me mudei, muitas vezes eu errei, muitas coisas aconteceram, mas meu amigo continua sendo meu melhor amigo. Se tenho algo a desejar a meus filhos, a você e a todas as pessoas deste mundo é que todos tenhamos bons amigos, que todos nós sejamos bons amigos. Ao final das contas, quando o entardecer da vida chegar para cada um de nós, as pessoas que estarão refletindo sobre o valor de nossa existência serão aquelas a quem pudemos amar de verdade e o que é a vida senão uma longa oportunidade para amarmos e partilharmos bons momentos com as pessoas que amamos!

Élison Santos é Psicólogo Clínico, terapeuta de casal, membro da sociedade brasileira de logoterapia, especialista em Análise Existencial e Logoterapia pela PUC Curitiba. É idealizador do grupo de reflexão para mulheres "Compreendendo os homens". Palestrante, comentarista de TV e colunista do site aleteia.org.

0 comentários

Deixe um comentário