Sair da zona de conforto… Ai que difícil!!!

Mayra Jordão 0 Comentários 12 de fevereiro de 2016

Mayra2-1024x925Por Máyra Jordão David.

Para entendermos o que é nossa zona de conforto vamos delimitá-la como um círculo onde estão nossas rotinas, hábitos, tudo aquilo que não nos surpreende.

É necessário construir e permanecer por algum tempo em uma zona que nos proporcione conforto, mas não podemos estacionar e ficar nela para sempre pela pseudo-segurança que achamos que temos, pois dessa forma não alçamos vôo e nunca saberemos onde poderíamos chegar. Atrevermos a transpor as barreiras da nossa zona de conforto e correr atrás dos sonhos é o que nos torna diferentes e traz sentido para vida.

Sair da zona de conforto significa dar um salto para fora do círculo, enfrentar muitas vezes o desconhecido e isso, com certeza, nos incomoda, assusta.

Para fugir da necessidade e do desejo de mudar elaboramos várias “desculpas”. Mentimos pra nós mesmos fazendo uma auto-sabotagem diária. Lendo um artigo de Jennifer Delgado descobri algumas das mentiras mais comuns que falamos pra nós mesmos:

  • “Eu não tenho por que fazer”

Você não é obrigada a sair do círculo, mas se permanecer lá não vai crescer, precisamos enfrentar os desafios. É normal a resistência às mudanças, é muito mais fácil permanecer dentro dos limites do conhecido. Porém, ficar quietinha dentro da zona de conforto não nos garante felicidade.

  • “Não é o momento certo”

Sabe quando vai ser o momento certo? Nunca! As condições perfeitas não vão acontecer a não ser que as criemos. Nos enganamos dizendo que não é o momento certo por sentirmos medo do fracasso. Quando começarmos a dar os primeiros passos, tudo ficará mais fácil.

  • “Vou começar quando...”

Essa é a desculpa mais comum para não sairmos do lugar. O quando é sempre alterado para outro motivo. Neste caso não estamos desistindo, mas também não temos coragem de começar.  Protelamos, protelamos, protelamos...

  • “Não é pra mim”

Esta é a pior das desculpas.  Não acharmos que somos merecedores é o fim, nesta situação precisamos urgentemente trabalhar nossa autoestima.

  • “Eu não sei como fazer”

Lembre-se de que quando se tem objetivos claros, as estratégias para cumpri-los aparecerão aos poucos. Às vezes conseguimos sozinhos, outras vezes precisamos de ajuda. Mas não saber como, não é desculpa pra não executar.

Nada na vida vem de graça. É preciso determinação e trabalho. Comece aos pouquinhos, ouse, sonhe, saia da zona de conforto e busque ser mais feliz.

Máyra Jordão David Silva é publicitária, professora universitária, empresária, dona de casa, mãe, esposa.... adora cinema, viagens, um bom bate papo com as amigas e uma boa leitura.

0 comentários

Deixe um comentário