Por que eu tenho que cauterizar feridas no colo do útero toda hora?

Mayra Jordão 0 Comentários 20 de novembro de 2015

12166322_1063833060316925_154980032_n

Por Carolina Bueno Gomes.

Primeiro de tudo vamos entender onde fica o colo do seu útero.

images (1)

Observando a figura para nos ajudar, vamos notar que a abertura dessa bexiga representa o nosso colo uterino.  E o canalzinho por onde passa o ar seria o nosso canal endocervical.

O colo do útero é revestido por uma camada de células um pouco mais fortes, resistentes a pequenos traumas que possam ocorrer durante o sexo e também um pouco mais resistente a presença de vírus.

E se essas células são resistentes, porque eu tenho tantas feridas e tenho que ficar cauterizando toda hora?

O que acontece é que uma mucosa que fica num canalzinho que liga o útero ao colo, o canal endocervical acaba saindo do seu lugar original e se exteriorizando. O problema todo é que essa mucosa é bem mais sensível do que as células que recobrem o colo normalmente.

Para ficar mais fácil de entender, pense no seu rosto. Imagine que a parte de dentro da mucosa da sua boca veio parar um pouco para fora dos cantinhos da sua boca. Se isso acontecesse realmente, essa pele ficaria muito mais desprotegida. E é isso que acontece com a mucosa endocervical.

É normal que isso aconteça e, durante algumas fases da vida da mulher, isso ocorre com mais frequência devido a concentrações diferentes de hormônios, como na mulher jovem adulta e também devido ao uso de pílula anticoncepcional.

E eu posso fazer alguma coisa para evitar?

Infelizmente não podemos conter a migração dessa mucosa, então, o melhor a fazer é usar preservativo em todas as relações sexuais porque essa área que fica exposta é a preferida do HPV. E, claro, consultar o seu ginecologista, ao menos uma vez por ano, para que ele fique de olho no seu colo uterino por você.

Carolina Bueno Gomes tem 33 anos. Cursa o 3º ano da Faculdade de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos. É formada em biologia pela UNISANTOS. Trabalhou no laboratório de reprodução humana assistida no Centro de Referência da Saúde da Mulher. E ainda não saiu da fase dos porquês. Mãe de uma linda garotinha de 5 anos.

0 comentários

Deixe um comentário